quinta-feira, 1 de julho de 2010

Cannes Lions 2010

De volta esta semana do Cannes Lions 2010. Novamente uma torrente de palestras, workshops, exibições, debates, showcases e filmes. E por falar nisso, dando sequência ao que acontecia já nos outros anos, cada vez menos filme. Não em quantidade, mas em importância - eram umas oito salas de exibição nos outros anos quando neste foram concentrados em apenas três- dando espaço para categorias como Promo e Activating, Integrated, Digitally Led Integrated Campaigns, Other Integrated Digital Solutions, Media, Design e por aí vai. Com muita coisa interessante e viva por sinal, contrastando com uma chatice considerável dos filmes tradicionais deste ano .
A sensação é que o festival está se virando cada vez mais para um lado de feira de negócios - quem estava presente em massa eram os anunciantes, em palestras da Procter, Coca Cola, Smirnoff, McDonalds, Microsoft,  em geral mostrando como estão se adaptando e como querem se adaptar aos formatos de mídia não tradicionais, redes de relacionamento, etc.. E com as novíssimas (e tambem as velhas) agências lado a lado tentando vender seus peixes em workshop com temas espertos.

O Grand Prix de filmes foi bem questionável; é bom, mas não exatamente um grand prix:




A categoria de Best Use in Music quem levou foi match.com com o filme Piano. Um clichezão brabo.
Vou poupar espaço aqui e colocar o que deveria ter levado - já que o título era uso de música: o filme Hardchorus para Puma. Levou ouro de Campanha:


E finalmente, o que levou o Grand Prix de cinematografia - um curta metragem de 4' 45" para Philips. Que nem assinar o filme assina. Moderno né? mas muito alinhado com a linha de comunicação que o festival apresentou. A música é do Amon Tobin.

Um comentário:

Alexandre disse...

Gostaria de parabenizar pelo Blog, está muito bom, irei colocar no links uteis do Portal Barueri Na Web, se possível de essa força também e acesse nosso Blog-http://www.baruerinaweb.com.br. Agradeço desde já , um grande abraço e sucesso sempre!